segunda-feira, 30 de maio de 2016

Estudo sistematizado das grandes massas 2

Ao adentrar no campo do ofício e vivenciá-lo cotidianamente com cada vez mais intimidade, alguns insights nos são revelados generosamente. Um deles, dentre tantos, é o entendimento de certos paradoxos oriundos da prática repetitiva: de que quanto mais se quiser avançar (na direção do aprofundamento) mais se deve retomar o começo - em outros termos, para poder ter acesso às questões mais complexas do processo é crucial retomar a base. Agradeço aos "deuses" do desenho e da pintura por isso...


1a. camada no carvão que tem por função estruturar o desenho, enquadramento e grandes massas.

2a. camada no carvão com distribuição das grandes massas


Versão no pastel com registro da luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguir por Email