segunda-feira, 21 de maio de 2012

Estudo de paleta restrita em chave alta

 1a. fase: tentei manter o mínimo necessário para não abaixar o valor.

2a. fase: depois de uma avaliação, decidi manipular mais os valores mantendo a chave alta.


2 comentários:

  1. Bom dia, acompanho o seu blog desde de Portugal. A minha questão passa pelas cores aplicar na pele, as carnações são o problema central na arte do retrato a cor de pele não se deixa definir com facilidade e muda segundo as condições de luz, a idade. Assim assumindo que a cor da carne é uma criação pessoal do pintor, admiro muito os seus quadros a óleo, será que me podia aconselhar em termos de cores no que diz respeito a ocres, amarelos, cores terras, azuis… etc.

    ResponderExcluir
  2. Existe um livro em inglês, chamado Oil painting materialas and techiniques, de Harold Speed, que trata bem do tema, partindo de uma paleta restrita, como essa que deu, partindo de amarelos, vermelhos e azuis. Os amarelos são os ocres, os vermelhos podem ser tanto o siena queimada como o vermelho veneziano e o azul o cobalto. O mais importante não é tanto usar bem a família, mas a temperatura subordinada ao valor. Talvez o livro consiga te ajudar melhor. Abs.

    ResponderExcluir

Seguir por Email