segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Maratona Pinacoteca

Começamos o ano visitando a Exposição de Eliseu Visconti na Pinacoteca do Estado de São Paulo. A ideia foi fazer uma visita ao acervo, discutir vários pontos sobre sua concepção visual, analisar os vários tipos de abordagem técnica, tomar lanche para recuperar o fôlego e finalmente passar mais um tempo desenhando peças do acervo, como fizemos da última vez.

































quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Representação de mãos a partir do gestual

Faz um certo tempo que resolvi empregar o sistema de gestual na representação das mãos, um dos temas mais difíceis de abordar. O que pude perceber como qualidade deste tipo de construção é a universalidade da aplicação, embora paradoxalmente o enfoque recaia sobre as especificidades do modelo dentro do método de observação do mundo visível.


Exemplo de montagem do todo: direção, gesto, blocagem e asserções genéricas


Desenho definitivo com a sobreposição encaixada do específico





Como no gestual usado com os animais, a estrutura do desenho parte do esboço que visa ao todo, pelo sistema de fora para dentro, explorando o gesto (ação e movimento), investigando as relações de direção, tamanho aproximado das dimensões de espaço. A grande vantagem deste tipo de abordagem é a flexibilidade da ação que permite mudar de ideia ao verificar a coerência e validade das asserções no desenho. O uso da blocagem pode servir de estratégia, aplicada pelo agrupamento genérico das formas bidimensionais eliminando as partes individualizadas ou detalhes do modelo.
A decomposição e articulação das partes vêm em seguida, mantendo-se sempre o fluxo da ação na hora de fazer as anotações genéricas usando as travas.
Finalmente, às linhas genéricas e contínuas se sobrepõem as interrupções: pequenos toques que tem como referência conceitual as concavidades e saliências. As formas convexas podem ser executadas usando linhas curvas ou pela junção de duas linhas anguladas.
Os pequenos toques, por seu caráter preciso, essencial e abstrato, diferenciam-se dos detalhes minuciosos e descritivos, apesar de sua função semelhante de configurar as particularidades do modelo.
As sobreposições que dão quebra irregular são estrategicamente colocadas por meio da observação seletiva. Isso nãos significa que são colocadas invariavelmente nos lugares certos. Isto decorre da experimentação prática que inclui idas e vindas, usando borracha (quando o desenho está poluído ou contém erros) e linhas que lapidam, exploram, investigam, o que acontece nos mais variados desdobramentos.
Neste sentido, o processo prático de abstração pictórica consiste paradoxalmente em esquecer do que o tema comporta como significado (pertencente à lógica linear) para ficar com a sua contrapartida em termos de imagem bidimensional.

Seguir por Email