segunda-feira, 28 de junho de 2010

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Martinho

1a. e 2a. camadas

Pintura definitiva, 50x60, OST


A ideia desta pintura foi fazer uma base sucinta com a primeira e segunda camadas e aproveitá-la ao máximo na última sessão.
A grande vantagem dessa abordagem é que mantém o sistema flexível, "aberto" e genérico, o que torna a execução mais rápida. Outro efeito mais interessante é que a pintura se torna mais abstrata e suscetível à mudanças.
Usei a imprimação com dupla função: foi usada para tirar o branco da tela (mistura de preto marfim com azul cerúleo diluída com solvente) e também como fundo.

Seguir por Email